WiFi

Anotações de configuração, throubleshooting.

lspci -nnkd::0280
grep firm /var/log/syslog | grep fail
apt install firmware-realtek
ip link
iw dev wlp1s0 scan

modprobe -r rtl8192ce
modprobe rtl8192ce

http://paste.openstack.org

sources.list

GPT, MBR, BIOS, UEFI, GRUB

Anotações sobre esta sopa de letrinhas.

Comandos

efibootmgr -v

Confira as informações de boot.

Referências

Atualização de Debian

Atualizando do Debian do meu servidor JiLiuPu , um torrent server, para a condição mais recente.

Estado Original

# uname -a

Linux JiLiuPu 3.16.0-10-amd64 #1 SMP Debian 3.16.81-1 (2020-01-17) x86_64 GNU/Linux

~# lsb_release -a
No LSB modules are available.
Distributor ID: Debian
Description: Debian GNU/Linux 8.8 (jessie)
Release: 8.8
Codename: jessie

~# cat /etc/apt/sources.list.d/sources.list
deb http://archive.turnkeylinux.org/debian jessie main

deb http://httpredir.debian.org/debian jessie main
deb http://httpredir.debian.org/debian jessie contrib
deb http://httpredir.debian.org/debian jessie non-free

Referências

meu mundo Debian

Já fazia algum tempo estava sem uma distribuição preferida, passando por Ubuntu, Linux Mint, MX Linux, entre outros…. Agora, estimulado pelo Prof. Kretcheu ( Curso GNU/Linux ) estou migrando tudo (Notebooks antigos, pendrives para uso no campo, desktops, servidores, ) para Debian. No caso para o Debian 10 Buster recem lançado.

Neste post, tentarei deixar as minhas observações sobre esta migração. Está chegando o inverno! Melhor procurar um clima mais ameno!

Pendrive de Instalação

Já imaginando a quantidade de instalações que eu faria, optei por criar um pendrive com arquivo iso do Debian 10 Buster. Inicialmente, escolhi uma iso com um instalador com a versão live do Debian 10 Buster que funcionou bem, mas ocasionalmente o desktop live acabava “congelando” ou “parando” estragando a instalação. Por isso, parti para um pendrive com a ISO de instalação sem a opção live! Para agilizar os processos de instalação, tenho usado a versão terminal de instalação ao invés da versão gráfica.

do Ubuntu para o Debian

Neste caso, migrei do desktop de Ubuntu 20.04 para Gnome Debian 10 Buster. A ideia é que a instalação vinha apresentando uma série de problemas e carecia de uma manutenção grande! Aproveitamos a oportunidade para a migração completa.

Uma primeira instalação ousada, tentei fazer o particionamento manualmente, com /, swap, e /home! O que deu errado, foi que não previ que para dar boot seria necessário uma partição de boot, no caso UEFI! E ao final do processo de instalação, tivemos o problema de não ter onde salvar o GRUB.

fsck /dev/sda2

fsck -fy /dev/sda2

Porque se vc escolhe boot mbr e usa GPT, o grub não vai ter lugar de ser guardado.

Precisa uma partição de 1M sem sistemas de arquivos.

Pressionado para entrega rápida do serviço, colocando o desktop para rodar, optei por uma reinstalação, agora deixando o instalador usar todo o disco (um ssd) com as partições /, swap, e /home. Agora funcionou bem, pois o instalador deixou espaço para a área de boot e o GRUB pode ser instalado normalmente.

A opção foi por não ativar a conta root, optando por usar os recurso de acesso sudo às operações que necessitassem de privilégios especiais.

A opção de ambiente Gráfico foi pelo Gnome. A opção Wayland altera muito a forma de trabalho neste desktop, passando optar pela versão Xorg retornando a ideia de usar os acessos sudo.

do Linux Mint para o Debian

We have a new callsign: Nova Normala

Teclado da Primax Electronics, Ltd aparentemente está causando algum conflito. Ainda não consegui ativar o teclado numérico da direita (calculadora). Bom… tirando as duvidas, pluguei um teclado normal (itautec) a cabo e conector Mini-DIN e também tenho o teclado Calculadora morto!

Gnome com Wayland

Uma hora destas ainda vou experimentar com isso, mas por enquanto vou tentando com os recursos do Xorg.

Mate Desktop Environment

Mensagem de erro no Xorg ( modeset(0): Failed to get GBM bo for flip to new front. ). Será que isso pode ser problema. Ao menos está acumulando de mensagens no log. Debian 10 MATE Gnome2 Desktop – Failed to get GBM bo for flip to new front. Usando o Tweak do mate para desligar este recurso.

grub2

Fazendo o grub2 desta instalação lembrar e usar da minha ultima escolha. Isso pode ser útil para os casos em que temos boots compartilhados, mas queremos manter a nossa opção nas próximas inicializações.

Editar o arquivo /etc/default/grub, incluindo as linhas:

GRUB_DEFAULT=saved
GRUB_SAVEDEFAULT=true

Tornar esta nova configuração de parâmetros ativa rodando o comando

sudo update-grub

NVidia

systemctl status

apt policy

lspci -nnkd::0300

GM206 [GeForce GTX 950]

startx

Outras Referencias